| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

REVISTA FORMAS & MEIOS
Desde: 03/02/2005      Publicadas: 754      Atualização: 31/10/2005

Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA


 ARTES PLÁSTICAS

  24/09/2005
  0 comentário(s)


LEONARDO DA VINCI

Foi o maior retratista de seu tempo; nenhum artista antes dele havia capturado de maneira tão convincente a vivacidade das feições e o espírito individual.

Nascido em Anchiano, um vilarejo perto da cidadezinha de Vinci, em 15 de abril de 1452, filho de um tabelião e de uma camponesa, Catarina, com quem o pai tinha um casamento cheio de altos e baixos. Leonardo cresceu no campo, onde desenvolveu um grande amor pela natureza. Quando menino pediram-lhe que desenhasse um escudo para um amigo do pai. Dizem que ele fez um bestiário extraordinário, baseado na observação real de lagartos, grilos, cobras, borboletas, gafanhotos e morcegos. Segundo os registros, foi nesta ocasião que ele revelou seu fascínio pelas formas móveis, retorcidas e vivas. Está registrado também que ele gostava de cavalos e os conhecia profundamente. Eles aparecem com tanto destaque nos seus trabalhos da maturidade que isto parece ser bastante provável. Algum tempo antes de 1469, Leonardo foi com pai morar em Florença e, em 1472, foi aceito como membro da guilda de São Lucas, a guilda dos pintores. Seu mestre foi Andrea Verrocchio, e os registros mostram que ele continuava empregado na oficina de Verrocchio, na vila dell'Agnolo, em 1476.

LEONARDO DA VINCIAs influências de Leonardo

Não é fácil avaliar a influência de Verrocchio sobre o jovem Leonardo. As formas curvas e retorcidas usadas pelo mestre certamente encontraram eco no seu aluno. As pinturas de Verrocchio possuem uma certa grandiosidade, mas não despertam realmente a imaginação, enquanto que as esculturas são mais fortes e parecem ter influenciado mais Leonardo. Não existem provas consistentes de quando Leonardo foi para Milão, mas a primeira encomenda lá, documentada, é de 1483. O motivo da sua ida para aquela cidade não está claro; mas ele pode ter se sentido atraído pela estimulante atmosfera da corte dos Sforza, com muitos médicos, cientistas, engenheiros militares e matemáticos. Havia outros motivos para ele deixar Florença: os altos impostos faziam com que alguns mecenas nunca pagassem pelo trabalho que encomendavam; a competição profissional era extremamente dura; e a guerra e a peste eram fortes ameaças físicas. Leonardo se estabeleceu na corte do Duque Lodovico, onde, além de pintar, seu protetor exigia seus serviços para diferentes tarefas - supervisionar pagens e instalar "aquecimento central", por exemplo. Este tipo de papel deve ter agradado imensamente tanto ao caráter quanto ao intelecto de Leonardo. De fato, numa carta, ele se descreve como engenheiro e, só de passagem, faz uma referência às suas pinturas. Durante este período também pintou retratos, executou uma importante encomenda, A Última ceia, e terminou grande parte do trabalho preliminar para o monumento aos Sforza, que nunca chegou a ser fundido.

Da Vinci e Michelangelo

Em 2 de outubro de 1498, Leonardo recebeu um propriedade fora da Porta Vercellina de Milão e foi indicado ingenere camerale. Esperava-se uma invasão dos franceses e ele ficou muito ocupado planejando a defesa da cidade, embora dois outros grandes trabalhos datem deste mesmo período. Colaborou também com o matemático Luca Pacioli na Divina Proprotione - os dois homens tinham ficado muito amigos desde a chegada de Pacioli a Milão. Os franceses invadiram Milão em 1499 e Lodovico foi preso e enviado para França. Leonardo, junto com Luca Pacioli, deixou Milão depois de 18 anos com os Sforza. Provavelmente foi direto para Mântua, onde fez o retrato de Isabella D'Este. Em 24 de abril de 1500, ele voltou para Florença e encontrou uma cidade diferente da que tinha deixado cerca de 20 anos antes, passando por uma onda de revitalização do interesse religioso e com idéias republicanas na política. Leonardo conquistou quase de imediato o agrado do público, após exibir o seu cartão da Virgem e Sant'Ana planejado para ser um retábulo. Nesta época, Michelangelo tinha já assegurada a sua reputação em Florença. Estes dois gigantes nunca gostaram um do outro e Leonardo não fazia segredo do fato de considerar a escultura inferior à pintura. Mas, o fato é que a fama de Michelangelo era um dos fatores de atrito.

Monalisa

Novamente, Leonardo trabalhou como engenheiro; drenando pântanos, desenhando mapas e projetando um sistema de canais. Em Urbino, conheceu Nicolò Machiavelli, e este encontro levaria a uma íntima associação e a sua mais importante encomenda. Enquanto isso, produzia magníficos desenhos a pastel vermelho de Cesare Borgia. Em 1503, entrou nos seus três anos de maior produção como pintor. Seu quadro mais famoso, Monalisa, com seu sorriso enigmático, pode ter sido pintado nesta época. Grande parte dos trabalhos de Leonardo em Florença, feitos no período de 1503 e 1507, se perdeu, inclusive Leda. Achava a mecânica da pintura uma coisa entediante e preferiu concentrar suas habilidades imaginativas no desenho e no planejamento de suas composições. Como resultado da sua florescente associação com Machiavelli, Leonardo recebeu uma encomenda para pintar um afresco na Sala del Gran Consiglio do Palazzo Vecchio. Começou trabalhar no cartão para o afresco - a Batalha de Anghiari - em outubro de 1503, mas parece que o progresso foi lento. Leonardo terminou seu cartão no final de 1504 e começou a pintar usando uma técnica incomum e possivelmente incáustica. A tinta secou de forma desigual e a pintura não deu certo. O aresco ficou inacabado mas, depois, foi feita uma moldura especial para a parte terminada e há quem a considere a melhor coisa a se ver numa visita a Florença . Posteriormente foi repintada por Vasari.

Desenho a ponta de prata

Durante o ano de 1507, Leonardo trabalhou para o Rei da França, embora seu mecenas imediato fosse Charles d'Amboise, lord de Chaumant e governador de Milão. De muitas formas, d'Amboise reinstalou as glórias da corte dos Sforza. Leonardo estava no seu elemento, trabalhando como pintor, engenheiro e conselheiro artístico em geral. D'Amboise morreu em 1511, mas Leonardo permaneceu em Milão até 24 de setembro de 1513. Depois foi para Roma, levado, como tantos, por Giovani de Medici que havia se tornado recentemente Papa Leão X. Leonardo se instalou no Belvedere do Vaticano, mas a agitação provocada pelos principais artistas do país e suas comitivas, vivendo todos juntos, não lhe agradava. a incontestável posição de Michelangelo em Roma, resultante do seu trabalho na Capela Sistina, também lhe era intragável. Talvez a fascinação obsessiva de Leonardo pelo poder da água e os seus diversos esboços para o Dilúvio reflitam uma turbulência mental e espiritual. O último quadro pintado por Leonardo que sobreviveu é, quase certamente, São João e deve ter sido feito em 1514-1515. Em março de 1516, Leonardo aceitou o convite de Francisco I para morar na França e ganhou uma propriedade rural perto de Cloux. Em 10 de outubro de 1517, recebeu a visita do Cardeal Luís de Aragão, cujo secretário escreveu um relatório do encontro. Ele menciona três quadros, dois que podemos identificar como sendo Virgem e o Menino com Sant'Ana e São João, o terceiro é um retrato de uma dama florentina. Ele também afirma que Leonardo estava sofrendo de um tipo de paralisia na mão direita. Leonardo era canhoto, mas esta observação pode ter, na verdade, se referido à sua mão "de trabalho", significando a esquerda. Observando-se os manuscritos, fica óbvio que esta paralisia não impediu Leonardo de usar os dedos, porque sua letra estava clara e firme como sempre. Alguns desenhos, entretanto, mostram uma falta de firmeza e precisão que sugerem que o problema possa ter afetado o movimento do braço.

Em 2 de maio de 1519, Leonardo morreu em Cloux. Deixou os desenhos e manuscritos para o amigo fiel Francesco Melzi, enquanto viveu, Melzi guardou as obras com todo carinho, mas cometeu a insensatez de não incluir no seu testamento nenhuma cláusula que garantisse a continuidade deste cuidado. O filho, Orazio, que não tinha o mínimo interesse por artes ou ciências, deixou que esta inestimável coleção se deteriorasse, se perdesse, fosse roubada ou vandalizada de uma maneira que só se pode descrever como criminosa. [ Francisco Martins ]



  Mais notícias da seção NOTÍCIAS no caderno ARTES PLÁSTICAS
23/09/2005 - NOTÍCIAS - MARC CHAGALL
Chagall criou seu próprio mundo colorido de mitos e mágica, cheio de estranhas criaturas e eventos miraculosos. Ainda assim, sua arte foi essencialmente baseada em memórias e experiências reais.Um homem quase inteiramente absorvido por seu trabalho e sua vida familiar, assim era Marc, destinado a confrontar-se com as mais variadas culturas, a atrav...
22/09/2005 - NOTÍCIAS - Antonio Bandeira
Nascido em Fortaleza - CE em 1922 -pintor, desenhista, gravador. Inicia-se na pintura como autodidata. Em 1941, em Fortaleza, participa, ao lado de Mário Baratta (1914-1983), entre outros, da criação do Centro Cultural de Belas Artes - CCBA, que dá origem, em 1943, à Sociedade Cearense de Belas Artes - SCAP. Em 1945, transfere-se para o Rio de Jane...
19/09/2005 - NOTÍCIAS - Edvard Munch
Muitas foram suas obras, porém, ele ficou conhecido pela tela "O Grito", 1893. "A Criança Doente", deixou o público de Oslo horrorizado. Os nazistas rotularam de "degeneradas" 82 de suas obras. Munch nasceu em 12 de dezembro de 1863, em Loten - Noruega, e foi o segundo filho homem do Dr. Christian Munch e de sua esposa Laura Catharine. Munch tinha ...
19/09/2005 - NOTÍCIAS - LICHTENSTEIN
Roy Lichtenstein nasceu em 27 de outubro de 1923 na cidade de Nova Iorque, numa família de classe média, seu pai trabalhava como corretor de imóveis. Freqüenta uma escola secundária privada em Nova Iorque, onde a arte não fazia parte da grade educacional.Começa a pintar em casa e desenha por livre vontade. Em sua adolescência desperta o interesse p...
15/09/2005 - NOTÍCIAS - EMILIANO DI CAVALCANTI
Um caldeirão de idéias e ideais faziam de Di um artista singular. Emiliano Di Cavalcanti nasceu em 6 de setembro de 1897, no Rio de Janeiro, na casa de José do Patrocínio, que era casado com uma tia do futuro pintor. Quando seu pai morre em 1914, Di obriga-se a trabalhar e faz ilustrações para a Revista Fon-Fon. Antes que os trepidantes anos 20 se ...
15/09/2005 - NOTÍCIAS - Peter Paul Rubens
Em Mântua, ele assumiu a posição de pintor da corte de Vincenzo Gonzaga, Duque de Mantua. Já foi chamado de o maior expoente do Barroco Setentrional, uma extensão da arte barroca da Itália do século XVII que influenciou, com modificações, muito da arte da Europa católica (e não deixou de influenciar países protestantes, tais como a Inglaterra e os ...
14/09/2005 - NOTÍCIAS - Eugène Delacroix
Em 1798, no dia 26 de Abril em Charenton-Saint Maurice, nasceu Eugène Delacroix, o quarto filho de Victoire "ben, filha do famoso ebanista. Charles Delacroix, seu marido, é ministro dos Negócios Estrangeiros. Contudo, existem razões que levam a crer que o verdadeiro pai de Delacroix foi o famoso diplomata Talleyrand (1754-1838), com quem se dizia q...
14/09/2005 - NOTÍCIAS - Clóvis Graciano
Nasceu na cidade de Araras, SP, em 29 de janeiro de 1907. Pintor, desenhista, cenógrafo, gravador e ilustrador. Muda-se para a cidade de São Paulo em 1934. Até então praticava desenho como autodidata, mas, após contato com o pintor Candido Portinari, passa a freqüentar o ateliê de Waldemar da Costa (1904-1982) e a cursar desenho na Escola Paulista ...
12/09/2005 - NOTÍCIAS - Lasar Segall
Lasar Segall (1891 - 1957) nasceu na comunidade judaica de Vilna, Lituânia, tendo mudado para o Brasil em 1923 e posteriormente adquirido cidadania brasileira. Durante sua carreira, seu estilo sofreu várias influências, mas alguns temas recorrentes em sua obra já aparecem desde as primeiras produções, como o universo judaico, a perseguição aos povo...
08/09/2005 - NOTÍCIAS - HIP-HOP DAS ARTES PLÁSTICAS
A obra múltipla de Basquiat em função de seus temas recorrentes: a autobiografia, os heróis negros -músicos, boxeadores-, as histórias e os desenhos animados, as anatomias, os grafites , os signos e símbolos se associam a dinheiro, racismo e morte.A arte de Basquiat é uma arte de linha: quando pinta, em realidade desenha. No entanto, o desenho é um...
01/09/2005 - NOTÍCIAS - ANTONI TÀPIES - gênio catalão ?
Verniz, franquismo, papelão, sexualidade, pó de mármore, fatalidade, baralho, apartheid e uma cueca. É desta maneira, misturando diferentes materiais a temas polêmicos, que o artista espanhol Antoni Tàpies expressa seu olhar diante da complexidade do mundo. Nascido em Barcelona, em 1923, ele acompanhou a maior parte dos grandes acontecimentos do sé...
27/08/2005 - NOTÍCIAS - JEAN BAPTISTE DEBRET
JEAN BAPTISTE DEBRET: UM ARTISTA À SERVIÇO DA CORTE PORTUGUESA NO BRASIL A primeira metade do século XIX nos permite relembrar, e com muita satisfação, da presença de grandes artistas franceses no Brasil. Tal circunstância deveu-se à intenção da própria Coroa portuguesa em trazer cultura para o país, na ocasião, recém ocupado pela nobreza há apenas...
25/08/2005 - NOTÍCIAS - ARTISTA PLÁSTICA INVESTE EM DESIGN
A artista plástica Ivani Valenta, tradicionalmente reconhecida pelos retratos em óleo sobre tela, resolveu entrar na área de designer. Inventora dos colares com pinturas abstratas e símbolos orientais, que estão sendo muito bem aceitos pelo público da Feira da República, aos sábados. Recentemente, a jornalista brasileira Fabiana Lima, que trabalha...
23/08/2005 - NOTÍCIAS - Quadros de brasileira decoram hotel em Dubai
Dois painéis da gaúcha Heloísa Crocco estão expostos no hall de entrada do Hilton Creek, nos Emirados Árabes Unidos. Dois painéis da artista brasileira Heloísa Crocco decoram o hall de entrada do hotel Hilton Creek, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Heloísa produz quadros com texturas de madeira e foi convidada pelo arquiteto que projetou o ho...
23/07/2005 - NOTÍCIAS - CÂNDIDO PORTINARI - cronologia
Candido Portinari nasceu no dia 29 de dezembro de 1903, numa fazenda de café em Brodoswki, no Estado de São Paulo. Filho de imigrantes italianos, de origem humilde, recebeu apenas a instrução primária de desde criança manifestou sua vocação artística. Aos quinze anos de idade foi para o Rio de Janeiro em busca de um aprendizado mais sistemático em ...
28/05/2005 - NOTÍCIAS - Edson Fernandez: Perfil
Mensagens subjetivas nas telas de E. Fernandez Artista plástico, ilustrador, multi-instrumentista, escritor e compositor, Fernandez já realizou várias " viagens " experimentais por técnicas como guache, aquarela, têmpera, tinta acrílica e óleo sobre tela, além de nanquim e grafite. Seu trabalho tece uma relação muito próxima com o desenho, pintur...
20/04/2005 - NOTÍCIAS - FARNESE DE ANDRADE
Medo, angústia, espanto e tristeza são alguns dos sentimentos despertos quando se está diante de uma obra do pintor, desenhista, escultor e gravurista Farnese de Andrade. Mineiro de Araguari, Farnese ...
04/04/2005 - NOTÍCIAS - APOIO
Mais informações:FORMAS&MEIOS COMUNICAÇÕES[55 11 ] 6848-3230 ...
14/03/2005 - NOTÍCIAS - Ângela Maria dos Santos
PerfilArtista Plástica, Desenhista e Professôra de arte, Ângela optou pelo abstrato e tem como referência Tomie Ohtake e Manabu Mabe, dois grandes mestres do abstracionismo no Brasil. Já lecionou pintura e desenho em ateliê próprio, trabalhou na agência de publicidade "True Colors" no departamento de criação. Algumas de suas obras encontram-se em p...
09/03/2005 - NOTÍCIAS - SIDNEI BOTTO CASTELLAN
O artista pinta o expressionismo alemão, o abstrato, mas flerta com o cubismo. Sidnei vem buscando uma identidade própria na sua arte denominada de fluídismo. Ele usa cores e formas intensas em suas pinturas. Sidnei já trabalhou como desenhista em ateliê de arquitetura e restaurador de molduras com valor histórico. Em 87 e 89 lecionou curso de pint...
18/09/2005 - NOTÍCIAS - A ARTE DE JULIANA OTONI
Formada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, sempre esteve envolvida com o mundo das artes, embora só tenha começado a pintar profissionalmente há cerca de dois anos. Sua pintura, em muitos casos, revela traços de realismo fantástico, com uma forte influência do período ultra-romântico, e por vezes também trazem poema inscritos nas telas. En...
24/02/2005 - NOTÍCIAS - PINTURA DE JULIANA OTONI
Aconteceu em 2003 no Shopping JabaquaraColetiva - óleo sobre tela, acrílico e mista.2003 / 2004 Shopping LightColetiva - óleo sobre tela, acrílico e mista...
07/05/2005 - NOTÍCIAS - PRIMEIRA EXPOSIÇÃO BRASILEIRA DE BELAS-ARTES 1911-1912
A primeira exposição Brasileira de Belas-Artes teve grande concorrência de artistas de todo Brasil; com participação de muitos cariocas e até de alguns Paulistas que estavam em Paris, como foi o caso de Nicota Bayeaux. Nomes ilustres da época, como Antonio Parreiras, Pedro Weingartner, Lucílio e Georgina de Albuquerque enviaram seus trabalhos. Divi...
27/06/2005 - NOTÍCIAS - IVANI VALENTA - Perfil
Muito à vontade para falar de seu trabalho, a simpática Ivani Valenta vem em um crescente em suas obras, cada dia que passa supera-se. É sempre bom visitá-la na Praça da República - sábados - e domingos- na Liberdade, para verificar sua pintura em acadêmico clássico. Porém, a artista vem obtendo mais notoriedade como retratista. Os retratos feitos ...
14/02/2005 - NOTÍCIAS - HUMBERTO FRÖHLS - perfil
Acadêmico nato, além de empatia em suas obras ele é dono de soberba técnica. Entre suas influências, o renascentismo alemão. De 1968 a 1970 cursou desenho em técnica grafite e carvão, na Associação Paulista de Belas Artes. Entre 1973 e 1975 estudou publicidade na Escola Panamericana de Artes: lápis, nankin, gauche e ecoline. Em 2003 participou de ...
23/08/2005 - NOTÍCIAS - GRUPO ATMÃ
ARTE & EXPRESSÃO Formado em meados de 2002, por seis amigos artistas plásticos, o Grupo Atmã está envolvido na mesma busca, uma sintonia consigo mesmo e com a arte. Os componentes tem os mesmos ideais; experiências similares. O grupo é democrático: acolhe todos os estilos, porém criativos, estão sempre num constante flux...



Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
Busca em

  
754 Notícias