| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

REVISTA FORMAS & MEIOS
Desde: 03/02/2005      Publicadas: 754      Atualização: 31/10/2005

Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA


 CLÁSSICA

  09/08/2005
  0 comentário(s)


Obra de Vivaldi reaparece após 250 anos

SYDNEY - Uma pequena parte de uma
recém-identificada peça para coral do compositor barroco italiano Antonio Vivaldi foi executada na terça-feira pela primeira vez em cerca de 250 anos, depois de ser descoberta por uma acadêmica australiana. Janice Stockigt, da Universidade de Melbourne, disse que "Dixit Dominus", peça em 11 movimentos para coro e solistas,
foi descoberta neste ano em Dresden e será apresentada na íntegra em 2006 na cidade alemã.

Obra de Vivaldi reaparece após 250 anosPESQUISA

A pesquisadora disse que anteriormente a peça era atribuída a Baldassare Galuppi, um contemporâneo veneziano de Vivaldi. Ela havia estreado com o nome de Galuppi numa igreja de Dresden na década de 1750. "Acho que a música foi provavelmente executada durante a vida de Vivaldi e depois ficou sob o nome de outro compositor",
disse Stockigt à Reuters, por telefone, de Melbourne. "Não acho que ela tenha sido tocada desde então."

Stockigt contou que esbarrou na música quando trabalhava em um projeto mais amplo de pesquisa de repertório do século 18 na igreja de Dresden. "Algo me chamou a atenção naquela música, ela me parecia incrivelmente familiar."
Ela então comunicou sua descoberta ao professor Michael Talbot, especialista em Vivaldi, que examinou a partitura manuscrita e concluiu tratar-se mesmo de obra do mestre. Embora o original nunca tenha sido achado, várias cópias
apareceram em Dresden sob o nome de Galuppi durante a Guerra dos Sete Anos, cerca de 15 anos após a morte de Vivaldi, em 1741, segundo Stockigt."Dresden estava sitiada à época e então, quando as coisas voltaram ao normal, Mozart e todo um novo estilo já haviam chegado", disse ela.

Stockigt disse que um pequeno trecho, de 35 minutos, foi tocado por um conjunto barroco da Universidade de Melbourne e cantado para uma audiência de estudantes de música, acadêmicos
e jornalistas. Coube ao contra-tenor Christopher Field apresentar a primeira versão moderna da obra. A mesma peça foi executada várias vezes seguidas para uma platéia extasiada. "É mágico ouvir isso, e será ainda melhor quando eu ouvir toda a peça. Estou ansiosa para ouvir as seções
corais", disse Stockigt.

Ela espera realizar uma "estréia" completa em 2006, na mesma igreja onde o manuscrito passou 250 anos guardado. Vivaldi, filho de um padeiro veneziano, foi padre antes de se tornar professor de violino para órfãs. Compositor prolífico, escreveu mais de 500 concertos, mas ao morrer, em Viena, foi enterrado como indigente.
Sua obra posteriormente influenciou músicos como Johann Sebastian Bach. A peça mais conhecida de Vivaldi é "As Quatro Estações". [Francisco Martins ]



  Mais notícias da seção NOTÍCIAS no caderno CLÁSSICA
15/09/2005 - NOTÍCIAS - Bug Jargal volta ao Theatro da Paz 115 após
O drama romântico de Gama Malcher volta ao Da Paz 115 anos mais tarde. Um drama romântico de capa e espada, assim pode ser definida a ópera Bug Jargal, uma composição do paraense José Cândido da Gama Malcher, que estreou neste sábado (10), às 20 horas, no Theatro da Paz. Pode-se dizer, também, que Belém vai revisitar seu passado com a temporada da...
27/06/2005 - NOTÍCIAS - Haendel - " O Messias "
Por Paula Fröhls A grandiosidade de sua obra, Oratório "O Messias "Aleluia! " A música é uma outra vida... dentro da vida". Ouvindo ou cantando, podemos ficar perto de Deus. Georg Friedrich Haendel, nasceu em 23 de fevereiro de 1685, em Halle - Alemanha. Desde pequeno já demonstrava interesse pela música, e foi na Alemanha onde concluiu seus estu...



Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
Busca em

  
754 Notícias