| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

REVISTA FORMAS & MEIOS
Desde: 03/02/2005      Publicadas: 754      Atualização: 31/10/2005

Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA


 DEAD ROCK

  28/06/2005
  0 comentário(s)


KURT COBAIN:

"Prefiro queimar de uma vez a desaparecer devagar"

A frase, extraída da carta encontrada ao lado do corpo de Kurt Cobain no dia 8 de abril de 1994, sintetiza o inferno astral pelo qual passava o mentor do último esporro de criatividade na música pop. O efeito causado pelo movimento grunge na indústria musical só pode ser comparado a era punk do final dos anos 70 e a invasão britânica encabeçada pelos Beatles e Rolling Stones na década de 60. A morte do líder do Nirvana decretou o fim de um período onde a cena alternativa desempenhava o papel de protagonista na mídia.
Destruído emocionalmente pela superexposição do grupo, o pai de "Smells Like Teen Spirit" cometeu suicídio, aos 27 anos, com um tiro na cabeça, no dia 5 de abril de 94. O corpo só foi localizado 3 dias depois, na casa do guitarrista, em Seattle, EUA. Foi uma porrada no estômago dos milhões de fãs conquistados pelo líder de uma banda de garagem do noroeste da América. Sete anos de carreira, quatro álbuns oficiais e dois póstumos serviram para eternizar a obra de Kurt Cobain e os parceiros do Nirvana na história do rock.

KURT COBAIN:Nascido em Hoquiam, Estado de Washington, o hiperativo Kurt Donald Cobain era movido por Ritalina, para se concentrar nas aulas, e em sedativos para dormir. Renegado pelos pais na infância, passou a adolescência morando com parentes. A primeira guitarra foi comprada aos 14 anos. Semanas antes de se formar no segundo grau, Kurt largou os estudos. Chegou a trabalhar como roadie para os Melvins, banda de Seattle que serviu de referência no futuro. Entre 86 e 87, o Nirvana era formado, junto com o baixista Krist Novaselic. O baterista Dave Grohl foi incorporado ao grupo em 1990, após uma série de músicos terem passado pelas baquetas.
O primeiro álbum (Bleach) foi lançado em 89. Mas o estouro mundial veio dois anos depois. Nevermind subiu como um foguete nas paradas americanas, desbancando o rei do pop Michael Jackson e seu álbum Dangerous, e criando uma cultura de camisas de flanelas nos lugares mais improváveis do planeta. O grunge era o carro-chefe da MTV, a trilha das pistas mais badaladas da noite e o estilo de 11 entre 10 adolescentes cansados do metal poser e do agonizante rock influenciado pelos anos 80. No Brasil, era o contra-ataque ao axé e sertanejo. O sucesso mundial do Nirvana atraiu todos os holofotes para Seattle. Pearl Jam, Soundgarden, Alice in Chains e Mudhoney completavam a elite do grunge. Explorado, mastigado e cuspido pela mídia, o estilo foi vendido em dose industrial nos quatro cantos. O assédio e o interesse doentio da imprensa está muito bem retratado no documentário HYPE!* (1996). Um dos trechos mais absurdos narra as supostas gírias do movimento, inventadas por uma funcionária da gravadora Sub Pop, ao ser indagada por uma repórter da Newsweek sobre a cena musical da cidade. Na semana seguinte, o fictício dicionário grunge estava publicado numa das principais revistas dos Estados Unidos.
Os anos entre 91 e 94 marcaram o auge do Nirvana e o período de imersão nas drogas por Kurt Cobain. Morfina e heroína regavam as turnês de Nevermind. Os primeiros meses do casamento com Courtney Love, em 92, trouxeram um pouco de sossego espiritual ao vocalista, assim como o nascimento da filha Frances Bean. Mas o trem voltou a descarrilhar em 1993. Uma overdose de heroína colocou Kurt num centro de reabilitação. No entanto, largou o programa antes de estar completamente limpo. Os excessos seguiram durante a divulgação de In Útero, lançado em setembro do mesmo ano. Em fevereiro de 94, uma nova overdose abreviou o giro do Nirvana pela Europa. No fim de março, Kurt Cobain retomou os tratamentos em uma clínica de Los Angeles. No dia 1º de abril fugiu para Seattle. Uma semana depois era encontrado morto. Sua última entrevista foi dada à revista britânica Uncut Legends.
[Francisco Martins ]



  Mais notícias da seção NOTÍCIAS no caderno DEAD ROCK
03/03/2005 - NOTÍCIAS - CAZUZA
Foi chamado de poeta, de representante de uma geração de guru dos anos 80. Mas ele foi, na verdade, um tipo de pirata. Estavam presentes nele a audácia de quem abordou o navio da MPB e conheceu os seus tesouros; o romantismo de quem, sob o luar, se embebeda e tece versos, contemplando as paixões; a acidez de uma geração que viu o mundo mudar para u...
06/05/2005 - NOTÍCIAS - PERSONIFICAÇÃO DO ROCK BRASUCA
Raul dos Santos Seixas, cantor, compositor, produtor e instrumentista nasceu em Salvador-BA em 28/ 6/ 1945, e faleceu em São Paulo SP a 21 de agosto de 1989. Sua grande influência foi o rock-and-roll da década de 50, que ouviu muito nos discos emprestados pelos vizinhos, funcionários do consulado norte-americano em Salvador. Aos 12 anos fundou o co...



Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
Busca em

  
754 Notícias