| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

REVISTA FORMAS & MEIOS
Desde: 03/02/2005      Publicadas: 754      Atualização: 31/10/2005

Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA


 GIGANTES DO JAZZ

  21/06/2005
  0 comentário(s)


Hello, Armstrong

HELLO, Dolly Durante o período de 4 de abril a 8 de maio de 1964, os The Beatles, dominavam a parada de sucesso da Billboard com "Can't Buy me Love", "Twist and Shout", "She Loves You ", " I Want to Hold Your Hand" e Please Please me". A América se encontrava tão enlouquecida pelos rapazes de Liverpool que parecia nada mais existir. Mas uma grande surpresa aconteceria quando da publicação da nova pesquisa, em 9 de maio. Pois a canção que se encontrava no topo da lista não era mais os The Beatles, e sim "Hello, Dolly" com o trompetista e vocalista Louis Armstrong, que na época encontrava - se com 63 anos. Escrita por Jerry Hermann, e um dos maiores sucesso da Broadway com Carol Channing, " Hello, Dolly" nada mais foi do que algo simbólico, pois Armstrong era responsável pela difusão do jazz, que foi música predominante na América até o surgimento do Rock and roll. O jazz entrou em declínio comercial nos anos 60. Logo após ter sido colocada em segundo plano entre os grandes produtores de musicais americano. Louis não conhecia a música "Hello, Dolly" nem tinha ouvido falar da peça. Na época ele estava preparando um álbum de canções para a Broadway, então o editor veterano jazzman achou que ficaria bem em sua voz. Não demorou para ser a música mais vendida de Armstrong e tornar-se marca registrada do artista. O álbum de mesmo nome também ganhou disco de ouro e Satchmo um Grammy. Em 1969, fez participação especial no filme " Hello, Dolly" que tinha barbra Streisand no papel principal. Louis começou a gravar no início dos anos 20 e jamais deixou de ser um artista popular, inclusive em várias partes do mundo. Mas a explosão do sucesso com "Hello, Dolly", fez muitos jovens e um outro tanto de pessoas se interessarem por sua música. Ele continuou gravando e se apresentando regularmente até sua morte, que ocorreu em 6 de junho de 1971.

Hello, Armstrong



  Mais notícias da seção NOTÍCIAS no caderno GIGANTES DO JAZZ
10/08/2005 - NOTÍCIAS - Morre aos 73 anos o bluesman Emery 'Detroit Junior' Williams
CHICAGO - 10 de agosto - O pianista e compositor Emery "Detroit Junior" Williams, um bluesman conhecido por atitudes inusitadas no palco, como tocar piano de joelhos, morreu aos 73 anos, informou sua gravadora nesta quarta-feira.Williams, que nasceu em Haynes, no Arkansas, morreu na terça-feira em sua casa em Chicago, de parada cardíaca, segundo a ...



Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
Busca em

  
754 Notícias