| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

REVISTA FORMAS & MEIOS
Desde: 03/02/2005      Publicadas: 754      Atualização: 31/10/2005

Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA


 MPB

  30/04/2005
  0 comentário(s)


GONZAGUINHA - PERFIL

Luís Gonzaga do Nascimento Júnior, aos 14 anos, fez sua primeira música, " Lembranças de primavera ", e mais tarde compôs "Festa e " From U.S. of Piauí ", todas gravadas por seu pai em 1967. Também em 1967 ingressou na Faculdade de Ciências Políticas Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, onde se formou em economia. Em 1968 concorreu com Pobreza, por pobreza no I Festival Universitário de Música Popular, do Rio de Janeiro, classificada entre as finalistas. No ano seguinte, venceu esse mesmo festival com O trem, que ele mesmo cantou. Ainda em 1969, participou do Movimento Artístico Universitário, ao lado de Ivan Lins, César Costa Filho, Aldir Blanc e outros.

Em 1970 participou do V FIC, da TV Globo, RJ, com Um abraço terno em você, viu mãe? e Mundo novo, vida nova, a primeira lançada em compacto Odeon, nesse mesmo ano, junto com Amor é meu país, composição e gravação de Ivan Lins. Em 1973 lançou, pela Odeon, seu primeiro LP, Luís Gonzaga Jr., que incluía a composição Comportamento geral. Em 1974, lançou pela Odeon, o segundo LP, que, entre outras, incluía Galope - que mais tarde faria sucesso com o MPB-4, Maria Bethânia e Marlene -, " e Meu coração é um pandeiro ". Nos meses de março e abril de 1975, viajou em excursão por todo o Nordeste, ao lado de Paulinho da Viola, e a cantora Amelinha. No mesmo ano lançou o LP Plano de vôo, [ Odeon ] que incluiu "Mundo novo , vida nova", que já havia sido lançada em compacto por Claudete Soares em 1969, e Geraldinos e Arquibaldos, o maior sucesso do álbum. Entre suas composições dessa época, destacam-se ainda Pois é, seu Zé, o bolero Minha amada doidivana e Desesperadamente.
Em 1976, o LP Começaria tudo outra vez, além da faixa-título, um de seus maiores sucessos, trazia Asa branca, e a canção de amor "Espere por mim , morena ". Este LP marcaria um momento decisivo em sua carreira, com os primeiros grandes êxitos populares. foi a partir desse disco, que cada vez mais fora gravado por

Outros intérpretes

No ano 1977, com o LP Moleque Gonzaguinha, que tinha como destaque a faixa " Dias de Santos e Silvas". No mesmo ano fizeram sucesso A felicidade bate a sua porta, na gravação das Frenéticas, e " Explode coração ". Lançou pela Odeon o LP Recado, que inclui "Petúnia Resedá ", sucesso na voz de Simone. Em 1979 estava entre os compositores que ganhavam mais dinheiro com direitos autorais. Fez sucesso com seu show e sétimo LP, Gonzaguinha da vida (EMI), que incluiu o sucesso Com a perna no mundo, além da participação de Nana Caymmi na canção Por um segundo. Em 1980 lançou o disco Gonzaguinha - De volta ao começo (EMI), com destaques para Ponto de interrogação, Grito de alerta, Sangrando e Bié, bié, Brasil. Passou a morar em Belo Horizonte MG, onde colaborou com a Rádio Inconfidência, promovendo a MPB na programação. Tornou-se um dos compositores mais requisitados da década de 1980.

GONZAGUINHA - PERFILEm 1981 lançou pela EMI Coisa mais maior de grande, seu disco mais sofisticado, que inclui Mergulho, Quando se chega, O saco cheio de Noel, Simples saudade e a seresta Santa maravilha. Percorreu o Brasil em 1980 e 1981, com o show A vida do viajante (com Luís Gonzaga). Nessa época, foi lançado o LP A vida do viajante (duplo, também em parceria com Luís Gonzaga, EMI (gravação ao vivo). Em 1982 lançou " Caminhos do coração ", com os sucessos da faixa-título e do samba "O que é, o que é?" Em 1983, o disco Alô, alô Brasil trouxe Um homem também chora, que foi grande sucesso na voz de Fagner. No ano seguinte, lançou "Grávido ". Em 1985 lançou Olho de lince - Trabalho de parto, com destaques para Maravilhas banais e Deixa Dilson. No mesmo ano, participou do LP de Luís Gonzaga Sanfoneiro macho, RCA. A partir de 1986, passou a gravar por seu próprio selo, Moleque, e lançou mais dois discos, de pouca repercussão (o maior sucesso foi o samba É. Em 1988 recebeu um Prêmio Sharp e participou do LP Gonzagão e Fagner 2, RCA, 1988. O carioca Gonzaguinha, nasceu em 22 de setembro de 1945, e Morreu em 1991, em acidente automobilístico perto de Curitiba. Depois de sua morte a EMI lançou dois álbuns inéditos e ao vivo, um deles com Luís Gonzaga. Outros intérpretes de suas composições: Agnaldo Timóteo gravou Grito de alerta; Elis Regina, Eu apenas queria que você soubesse; Simone, Começaria tudo outra vez; Joanna, Agora; e As Frenéticas fizeram sucesso com Preto que satisfaz, que foi tema da novela global Feijão Maravilha. Em 1997, a gravadora EMI lançou em CDs remasterizados os 13 discos que o cantor gravara entre 1975 e 1985, com faixas-bônus. [ Francisco Martins ]



  Mais notícias da seção CANTORES ANTIGOS no caderno MPB
18/05/2005 - CANTORES ANTIGOS - ADONIRAN: UM POETA MACARRÔNICO
João Rubinato, que adotou o pseudônimo de Adoniran Barbosa em 1935, em homenagem aos amigos Adoniran Alves e Luís Barbosa, nasceu em Valinhos, estado de São Paulo, no dia 6 de agosto de 1910. Foi o sétimo filho de um casal de imigrantes italianos, vindos de Veneza. Ainda menino, mudou-se com a família para Jundiaí, Estado de São Paulo, onde estudou...
14/05/2005 - CANTORES ANTIGOS - VADICO
Osvaldo de Almeida Gogliano, compositor, regente e instrumentista, nasceu em São Paulo / SP, em 24 de junho de 1910 e faleceu no Rio de Janeiro / RJ, em 11junho de 1962. Filho de imigrantes italianos do bairro do Brás, todos seus irmãos eram músicos: Carlos tocava flauta e ...
14/05/2005 - CANTORES ANTIGOS - Compositor David Nasser
David Nasser, letrista, jornalista e escritor, nasceu em Jaú SP, em 1/1/1917 e faleceu no Rio de Janeiro RJ em 10/1...
13/05/2005 - CANTORES ANTIGOS - ARACI DE ALMEIDA
Por Francisco Martins / Dino Nery Araci Teles de Almeida nasceu em 19 de agosto de 1914, no Rio de Janeiro. Cantora, nasceu e foi criada no subúrbio carioca de Encantado; o pai, Baltasar Teles de Almeida, era chefe de trens da Central do Brasil. Estudou num colégio em Engenho de Dentro, onde foi colega do radialista Alziro Zarur, e p...
11/05/2005 - CANTORES ANTIGOS - CARTOLA
Agenor de Oliveira, o Cartola, nasceu no dia 11 de outubro de 1908, no Rio de Janeiro - mais precisamente no bairro do Catete. Por erro de um escrivão, seu prenome foi grafado Angenor. Era o quarto filho - de um total de sete - do casal Sebastião Joaquim de Oliveira e Aída Gomes de Oliveira. Aos 8 anos de idade, já desfilava em blocos carnavalescos...
11/05/2005 - CANTORES ANTIGOS - A 4 de maio de 1937 morria Noel Rosa "
Noel de Medeiros Rosa nasceu no chalé da rua Teodoro Silva, em Vila Isabel (RJ), no dia 11 de dezembro de 1911 e lá morreu, em 4 de maio de 1937. Filho de Manoel Garcia de Medeiros Rosa, funcionário público, e de Martha de Medeiros Rosa, professora que o iniciou nas primeiras ...
04/05/2005 - CANTORES ANTIGOS - NOEL ROSA - História
DR NOEL Em 1929, terminado o ginásio, preparou-se para entrar na Faculdade de Medicina, sem deixar de lado o violão e as serenatas. Em Vila Isabel, estudantes do Colégio Batista e moradores do bairro haviam formado um conjunto musical, o Flor do Tempo, que se apresentava em festas de família. Convidados a gravar em 1929, o grupo foi reformulado, co...
30/04/2005 - CANTORES ANTIGOS - HERIVELTO MARTINS
Agente ferroviário apaixonado pelo teatro, Felix Bueno Martins empenhava a maior parte de seu ganho, para manter as atividades ligadas às artes, e a paixão contaminou, desde cedo, seu filho Herivelto, irmão de Hedelacy, Hedenir e Holdira, os quatro filhos que tivera com a mulher, Carlota de Oliveira. Aos cinco anos, Herivelto morava com a família,...
21/03/2005 - CANTORES ANTIGOS - ORLANDO SILVA
Orlando Garcia da Silva, o grande Orlando Silva, uma das mais admiradas vozes da música brasileira em todos os tempos, nasceu no no dia 03 de outubro de 1915, na rua Augusta, 35, situada no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio de Janeiro. O nome dessa rua, mais tarde, passaria a ser General Clarindo. O pai se chamava José e a mãe, Balbina. Era uma ...
21/03/2005 - CANTORES ANTIGOS - ORLANDO SILVA E CLEMENTINA
BOM GOSTO O repertório do rapaz de 19 anos era constituído, evidentemente, de músicas dos outros, destacadamente de Sílvio Caldas, que, na oportunidade, já era famosíssimo com somente 26 anos de idade. Ainda no fim deste ano, Orlando Silva ganhou oportunidade para gravar seu primeiro disco comercial:"Ondas Curtas" de um lado e "Olha a baiana" do ou...
21/03/2005 - CANTORES ANTIGOS - CHICO ALVES, O REI DA VOZ
Francisco de Moraes Alves nasceu em 19 de agosto de 1898, no Rio de Janeiro, na rua Conselheiro Saraiva, centro, sendo filho de José e Isabel, portugueses. Seu José, dono de botequim, falecido em 1919, não faria fortuna. Teve três irmãs: Ângela, a mais velha, Lina e Carolina. Lina, com o nome artístico de Nair Alves, seria conhecida atriz de revist...
21/03/2005 - CANTORES ANTIGOS - Chico Alves: Romântico
Nos gêneros sentimentais, lançou o samba-canção A única lembrança (Ari Barroso) e a canção Meu romance (Saint-Clair Senna). Em 1939 registrou as valsas Diga-me e Minha adoração (ambas de Nelson Ferreira) e Valsa dos namorados (Silvino Neto) e o gênero a que se chamou "samba-exaltação" com Aquarela do Brasil (Ari Barroso), designado no selo do disc...
21/03/2005 - CANTORES ANTIGOS - ADILÉIA SILVA DA ROCHA: DOLORES DURAN
Terceira dos quatro filhos do Sargento da Marinha Armindo José da Rocha e de Josefa Silva da Rocha, Adiléia Silva da Rocha, verdadeiro nome de Dolores, nasceu no dia 7 de junho de 1930, no Rio de Janeiro.Morando nos subúrbios de Irajá e de Pilares, cantava desde os 3 anos de idade. Aos 5 já participava das tradicionais festas do Rio, como reisados ...
21/03/2005 - CANTORES ANTIGOS - O ÉBRIO
Vicente Celestino nasceu em 12 de setembro de 1894, no Rio de Janeiro, em Santa Teresa, na Rua Paraíso. Aos oito anos de idade iniciou sua carreira artística. Possuidor de voz extraordinária, era chamado diariamente para cantar em festas de Igrejas, em reuniões sociais e em clubes. Nada recebia em troca, além de elogios, aplausos e lanche. Assi...



Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
Busca em

  
754 Notícias