| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

REVISTA FORMAS & MEIOS
Desde: 03/02/2005      Publicadas: 754      Atualização: 31/10/2005

Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA


 SPcentro

  06/09/2005
  0 comentário(s)


TORÓ NÃO IMPEDE O " FORA LULA " EM SÃO PAULO

A passeata começou em frente à catedral da Sé e os participantes tomaram conta da praça com narizes de palhaço e bandeiras de diversos partidos e sindicatos. Tudo isso ao som do Hino da Independência, que tocou diversas vezes durante a manifestação. A idéia de um movimento silencioso, de acordo com o presidente da OAB, Luiz Flávio D'Urso, surgiu porque "o silêncio é, muitas vezes, mais eloqüente do que o barulho". No entanto, ele diz que, nem por isso, deixa de mostrar a revolta contra aquilo que está acontecendo na polítca brasileira.
Participantes levantam suas faixas contra a corrupção. A chuva começou quando os carros de som estavam próximos ao Teatro Municipal e, em um primeiro momento, dispersou os manifestantes. Após 25 minutos, a chuva deu uma trégua e a manifestação retomou o percurso. "Os céus mandaram a água que precisa para lavar a política desse País", disse o presidente da OAB, Luiz Flávio D'Urso. O evento na praça da Sé foi um ato contra a corrupção, após as recentes denúncias contra parlamentares, petistas e membros do governo Luiz Inácio Lula da Silva. "Essa foi a primeira manifestação da sociedade civil. E quem achava que ia ser apenas uma "passeatazinha" se surpreendeu", disse Paulo Pereira da Silva, presidente da Força Sindical.

Bandeiras do Brasil ao som do hino da independência
"É inaceitável que membros do governo e do Congresso atrapalhem as punições dos reponsáveis. Exigimos que as CPIs e a Polícia Federal apurem os casos de corrupção", afirmou a nota. "O povo está exausto de promessas não cumpridas; a nação exige transparência, emprego e justiça social, e a nossa manifestação se expressa pelo silêncio da vergonha." Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) disse que "o evento serviu para mostrar a indignação da população e para pedir que os responsáveis sejam punidos pelos caminhos legais e que respeitem as instituições." De acordo com Skaf, o balanço do protest é favorável. "Foi um ato calmo, sereno e profundo." Depois da leitura do documento e quando as pessoas já estavam indo embora, um grupo de jovens abriu uma faixa com os dizeres "Fora, Lula!", mas sem a assinatura das entidades que participaram do ato, e não empolgaram a multidão.

TORÓ NÃO IMPEDE O
  Autor:   Paula Rossi





Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
Busca em

  
754 Notícias